sexta-feira, 23 de julho de 2010

O fim de mais uma etapa ;s

Mais uma vez que vou deixar lembranças de mim para alguém.
E agora, mais do que nunca, eu vou me lembrar de todas as vezes em que os professores nos disseram que a gente tinha que se dedicar, se doar de corpo e alma 'porque na prática é bem diferente' .. Tudo o que eu aprendi, tudo o que eu vivi, eu vou levar para sempre comigo, dentro do meu coração. Cada colega vai deixar sua marca gravada em mim, seja pelo jeito de entender, ou pelo simples fato de terem se lembrado de mim ou me ajudado quando precisei. Ainda mais a turminha que vivia comigo: Chaiane Teixeira, Chaiane Ferraz, Bárbara de Mello, Jéssica Mattos.. todos, todos vocês vão deixar saudades. Eu não me arrependo de ter estudado a manhã e a tarde toda, que eu não me arrependo de ter me molhado em dias de chuva ou passado frio, mas sim agradecer a oportunidade de desenvolver todo essa minha capacidade de aprender e crescer cada vez mais.
Vocês do Jovem Aprendiz, são mais que amigos. São companheiros de farras, de passeios, de festinhas de fins de componentes, de fotos, de filmes, enfim, de tudo.
Obrigada:
- Bárbara de Mello
- Beatriz Machado
- Bianca Monteiro
- Brenda Chechi
- Caroline dos Santos Silva
- Caroline Locatelli
- Chaiane Monteiro Ferraz
- Chaiane Teixeira
- Diana Polla
-Diogo Volpi
- Edilene Brizola
- Felipe de Oliveira
- Francine Soares
- Jéssica Bortoncello
- Jéssica Mattos
- Joice Patrícia
- Kamilla Auler Dias
- Keli Fell
- Kelvin Noll
- Larissa Gerevini
- Laura Polidorio
- Leonardo Muller
- Letícia Carolina da Cruz
- Luana Schallenberg
- Maiara Marques
- Maiara Rosa
- Marcielle Roani
- Pâmela Ribas
- Paola Garbosa Teston
- Paola Hartmann
- Ritieli da Silva
- Roberto Mateus Pinheiro
- Simone Fetter

Obrigada a todos, e pra sempre vão ficar marcados aqui óoh →

quinta-feira, 22 de julho de 2010

O que eu quero hooje ..


Hoje eu quero te abraçar, te fazer sorrir, te lembrar o quanto é bom vivermos juntos.
Mas eu sei que no meio de tudo isso, ainda temos alguns ajustes pra fazer, algumas coisas a acertar.
Alguns sonhos pra conquistar, alguns planos a realizar, algumas pessoas pra aceitar..
Mas o resto, o resto a gente CONQUISTA JUNTOS.
Eu sei que nós merecemos a nossa confiança.
Hoje eu quero fazer carinho, ganhar carinho. Quero te olhar, sentir teu cheiro, te beijar daquele jeito que só a gente sabe :B
Hoje eeu quero alegrar a minha alma e aquecer meu coração.
Hoje e sempre, eu quero só você amor. Só você Mateus Borba. ♥

Continuar


Já me disseram que sempre é possível e necessário CONTINUAR, isso é tudo o que precisa ser feito. Seguir, mesmo querendo parar. Sorrir, mesmo que a vontade seja chorar. Seguir, independente de onde parou, se s0zinho, bem ou mal acompanhado. CONTINUAR EM FRENTE E SEMPRE.
Seguir assim, acertando, errando, aprendendo ou ensinando, mas sempre crescendo, sempre VIVENDO.
Hoje eu sei que estou muito bem onde estou e que ser feliz já virou rotina. Hoje eu sei que agora e sempre, eu vou seguir adiante, com meus tropeços e minhas aflições. Aceitando as derrotas e aproveitando as vitórias. Seguir, independente da situação. Seguir, e saber bem em que direção.

Outra vez o coração ;x


Meu coração. Coração quase novo, que teima em cultivar falsas amizades, sentimentos inacabados, muitas decepções. Muitas ilusões, muitos sonhos, muitas verdades e SÓ UM DONO :D
Um coração que nunca deixa de acreditar nas pessoas, que sempre precisa e até dá uma nova chance. UM CORAÇÃO QUE NUNCA APRENDE, que comete sempre os mesmos erros. Que até amadurece, mas mantém viva a esperança de ser FELIZ, sempre querendo emoções verdadeiras. Esse meu coração que erra, briga, grita, sente raiva .. Que sente medo, MUITO medo quando acha que vai perder de vez todos os sonhos e os planos que já tinha feito.
Que perde o juízo quando percebe que está em risco, e depois se arrepende de algumas palavras e alguns gestos. Muitas vezes incompreendido, apavorado, impulsivo e provocado.
Mas quando sorrí, abre sorrisos largos. Sabe arrancar lágrimas e murchar qualquer rosto.
Não faz tudo certo, e coloca sentimento em tudo. Parece um louco coração de criança, que nunca quer envelhecer. Um simples coração humano, cheio de defeitos.
Simplesmente o meu coração. Coração DELE, SÓ E SOMENTE SÓ DELE

terça-feira, 20 de julho de 2010


Sou egoísta impaciente e um pouco insegura.
Cometo erros, sou um pouco fora do controle e as vezes dificil de lidar, mas se você não sabe lidar com o meu pior então com certeza você não merece o meu melhor.
(NADA PESSOAL OK?)

Um coração: o meu.

Incrível como as pessoas simplesmente BRINCAM com o meu coração. Fazem dele como se fosse pano de chão; machucam, destroem, arrancam pedaços. E passado um tempo, lá vou eu juntar os pedaços e refazer meu coração. E sempre, mas sempre mesmo, ele é destruído. Imaginar que EU ACREDITEI QUE IA MELHORAR. Tudo o que eu sentia ontem e desde o dia que a gente voltou, não tem nada a ver com o que eu tô sentindo agora. Nem nos dias que a gente tava de chove-não-molha eu não me sentia assim. É um vazio que parece não ter mais fim, a sensação de que eu não valho a pena. E não tenho ninguém pra falar isso. Tudo o que eu fiz, tudo o que aconteceu hoje, vai ser INESQUECÍVEL pra mim, inclusive os gritos, as raivas, a vontade de quebrar tudo, a vontade de nunca ter me apaixonado, de nunca ter me entregado como eu me entreguei. Os momentos que a gente passou junto hoje, eu sei que não voltam mais. Decididamente, perdi a minha vontade de viver. Perdi a essência de seguir em frente, como se nada tivesse acontecido, porque eu sei que não vai ser assim. Pensar que ontem eu dormi chorando de felicidade, por tudo estar finalmente no seu lugar. Tem como acreditar que tudo não passou de um sonho? Tem como fingir que nada aconteceu hoje? Queria muito que ele pudesse me dizer. Mas não, ao invés disso ele soube me 'deletar' como fez com o maldito registro. Na verdade, acho que sonhos são mesmo um aviso. Um aviso de que alguma coisa não está indo bem, alguma coisa que não conseguimos notar, que não temos chance de perceber. E quando temos, o mundo desaba pra nós. Saber que as pessoas conseguer dizer que não é nada, que não tem nada de mais, e perder a paciência como ele perdeu hoje. Não sei mais o que fazer, e tô achando que não nascí pra ser feliz como eu pensava. E bem que seria bom se eu morresse amanhã, daí não teria que ver coisas que eu já não quero mais, sentir coisas que eu não queero, e lá em cima talvez eu poderia amar Deus, dar pra Ele o amor que eu sinto aqui na Terra, o amor que alguém desperdiçou com simples adjetivos (linda por exemplo) ou simples 'elogios' que é o nome que as pessoas dão.
E o meu coração? Já não sabe mais em que ou em quem acreditar. Sabe apenas que não precisa mais bater, que não tem mais o que sentir, e se tem já não sabe distinguir. Tudo o que eu queria era ser FELIZ, me dar a chance que tantos outros tem. E quando a gente acha que finalmente é a nossa vez, cai uma 'ANJINHA LINDA' do céu e destrói um ano e quatro meses. Será que vocêe MATEUS BORBA podia me explicar o que eu faço com o meu coração agora?
' Eu me aprisionei em você, quando sorria comigo por qualquer bobagem. Eu me aprisionei em você, a partir do momento que descobri que você fazia parte de mim.'

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Saudades

Saudade do que acabou de vir, do que vai, do que ainda irá. Não de pessoas. De sentimentos, de toques, de cheiros, de sensações. Mas alegria pelos momentos novos, mais prazerosos que nunca. Saudade que dói mas a gente não percebe. E nos traz lembranças daquilo que já foi, do que já não sentimos mais, das coisas que tanto nos fizeram feliz. E de repente nos pegamos lembrando de coisas que já passaram, de tardes de chuva, de abraços, de beijos molhados, intimidades, vontades e até mesmo de dores que já não sentimos mais. Olho fotos, releio bilhetes (lembro até da sensação do primeiro), ouço músicas importantes que me fazem lembrar DELE (MateusB).. E como agora, eu sinto saudade, e mta necessidade de puxar ele do meu pensamento pra junto de mim. Saudade do beijo que hoje eu ainda não dei, do momento que eu desperdicei, da mão dele que eu peguei, a cama que ontem a gente desarrumou, daquela chuva lá fora e o lençol térmico ligado.
Ele é e sempre vai ser o único que me amou, o único que sempre me abraçou em cada momento meu de dor, o único que me fez dormir chorando. É dele que eu sugo e peço o amor que outras tantas pessoas me negam, outras tantas que dizem sempre estar comigo. E eu sempre amei infinitamente mais a companhia dele do que qualquer outra pessoa nesse mundo, mesmo que eu nunca tenha demonstrado isso tudo. Hoje, o que eu sinto por ele, é extremamente puro, amor que eu nunca tinha sentido antes. E o meu coração quase explode de felicidade, quando eu penso e afirmo que isso tudo ainda vai virar realidade. Já tentaram nos provar o contrário, derrubaram o nosso castelo, nós iríamos morar nele. Nós íamos fugir de casa. E o que sobrou pra nós, é o que ainda resta no nosso peito, no nosso coração, e nós fazemos questão de mostrar que ainda existe. Nós ainda sabemos sorrir juntos, e não precisamos de mais ninguém pra isso. E o meu coração precisa de tudo isso. Talvez algumas horas, alguns minutos, alguns dias, alguns momentos juntos. Só eu, ele e os nossos travesseiros. Fazer com que a fantasia, a vontade que existe dentro de mim durante todo esse tempo, se torne realidade. SAUDADES DE VOCÊ AMOR ♥